Curso Virtual de Planejamento Educacional Sensível a Crises
CV PESC

Um planejamento e uma gestão educacional sensíveis a crises são instrumentos fundamentais para prevenir, preparar e mitigar alguns dos efeitos que diferentes tipos de crises podem ter sobre os sistemas educacionais da região. 

Este curso tem a finalidade de fornecer conceitos e ferramentas concretas que permitam implementar tal modalidade de planejamento, além de promover estratégias para a abordagem das crises que têm se mostrado inevitáveis nos contextos atuais.

Próxima Edição

Prazo de inscrição: 16 de maio de 2022.

Início do programa:  18 de maio de 2022.

Duração do programa: de quarta-feira 18 de maio a quarta-feira 21 de setembro de 2022 (com intervalos de recessos semanais)

Objetivos

Este programa propõe que os participantes:

  • Reconheçam os possíveis efeitos dos diversos tipos de crise existentes sobre a população e o sistema educacional de um país e/ou estado ou município.
  • Avaliem as capacidades estatais de intervir positivamente nas vulnerabilidades e riscos, identificando pontos de entrada para abordar a redução do risco de crises (RRC) em um diagnóstico do setor educacional (DSE).
  • Identifiquem e avaliem opções de programas que atendam às necessidades das populações migrantes, refugiadas ou deslocadas em termos de redução do risco de crises e que façam parte de um planejamento educacional mais amplo.
  • Desenvolvam um marco de monitoramento e avaliação que seja sensível a crises e abarque a RRC.
  • Promovam a institucionalização da RRC.

Estrutura e conteúdo

O curso é composto por seis módulos, desenvolvidos ao longo de 15 semanas. A carga de horária total é de 120 horas.

O conteúdo da proposta de formação se estrutura da seguinte maneira:

Marco conceitual do planejamento e gestão de risco no setor educacional: prevenção, preparação e mitigação. Impacto de crises no setor educacional da América Latina. Diretrizes para a gestão e redução do risco de crises (RRC) no setor educacional latino-americano. Requisitos mínimos da Rede Interinstitucional para a Educação em Situações de Emergência (INEE). Marco de referência para o planejamento educacional em situações de crise. Instrumentos técnicos e políticos para incluir a gestão de risco e de crises no setor educacional.

Primeira etapa do planejamento setorial: o processo de DSE. Dimensões de análise para um DSE orientado à prevenção, preparação e mitigação de crises e seu impacto nos sistemas educacionais. Um DSE focado na redução do risco de conflitos armados, fenômenos naturais, emergências sanitárias e contextos de deslocamento forçado de pessoas deve considerar os fatores de risco envolvidos, além da vulnerabilidade e capacidade do sistema.

Das políticas aos programas: Formulação de políticas e integração de ações para a redução do risco de crises ocasionadas por fenômenos naturais, deslocamentos forçados de pessoas, emergências sanitárias e conitos armados. Desenvolvimento de programas prioritários para a abordagem da redução de riscos. Projeção e construção de cenários como ferramentas de planejamento. Componentes do orçamento e identicação de fontes de nanciamento.

Aspectos conceituais sobre o monitoramento e a avaliação sensíveis a crises. Desenvolvimento de um marco de monitoramento e avaliação que inclua questões ligadas à redução de riscos. Importância do monitoramento e avaliação para a análise do cumprimento das metas e objetivos estabelecidos em um planejamento educacional sensível a crises. Desenvolvimento e construção de indicadores especícos para monitorar e avaliar planos. Monitoramento e avaliação em relação ao processo de implementação do planejamento educacional.

Estratégias para a institucionalização da redução do risco de crises no setor educacional. Capacidades de planejamento para a RRC nos sistemas educacionais. Construção de um plano de ação para institucionalizar a RRC. Formulação de objetivos e metas para garantir a segurança, resiliência e coesão social dos estudantes, comunidades e sistema educacional. Sustentabilidade das propostas de planejamento sensível a crises.

Modalidade

O programa é desenvolvido online através do Campus Global do IIPE UNESCO. A fim de fortalecer as habilidades profissionais, a sala de aula virtual dispõe de recursos que favorecem processos de aprendizagem autônomos e a reflexão em grupo através do intercâmbio de saberes e experiências entre os participantes.

Atividades assíncronas (fóruns temáticos, produções individuais e colaborativas) e atividades síncronas (reuniões de tutoria e webinars com a participação de especialistas internacionais) são realizadas em diferentes ambientes e aplicações.

O formação tem a presença permanente de uma tutoria acadêmica que acompanha cada etapa do programa, orienta, avalia e fornece feedback sobre os processos de aprendizagem dos participantes e a preparação do trabalho final do curso e da conclusão do programa.

Avaliação e certificação

Para obter o Certificado de Conclusão, cada participante deve finalizar de forma satisfatória todos os módulos e entregar o Trabalho Final Integrador (TFI). O certificado é concedido pelo IIPE UNESCO, Escritório para a América Latina.

Formas de pagamento

  • Principais cartões de crédito e pré-pagos (Visa, MasterCard, American Express etc.), por meio do sistema PayPal.
  • Transferência ou depósito bancário

Consultas de valores, descontos especiais e pagamento em parcelas, entre em contato com: formacion@iiep.unesco.org

Data

Público

  • Servidores que atuam em ministérios da educação (ou órgãos governamentais ligados à educação) nas áreas de pesquisa, planejamento, estatística, administração, recursos humanos, avaliação, currículo e desenvolvimento profissional docente.
     
  • Profissionais envolvidos em programas, projetos e políticas educacionais de países da América Latina que desenvolvem atividades de análise, formulação, planejamento, implementação e avaliação de políticas e programas voltados à educação.

Idioma

Português

Contato

Para consultas, entre em contato com:
formacion@iiep.unesco.org